Bem-Estar, Pele Saudável, Saúde

Cuidados com a Rosácea no Inverno

O que é a Rosácea?

  • A Rosácea, também conhecida por couperose, é uma inflamação crónica que se caracteriza por vermelhidão e derrames na zona central do rosto (telangiectasias).
  • No tempo mais frio a pele com rosácea reage mais facilmente a estímulos externos, como as variações de temperatura e vento, e é particularmente afetada ao manifestar uma vermelhidão mais acentuada.

 

Qual é a causa da Rosácea?

  • Não está ainda bem definida a causa da Rosácea, sabe-se que há uma alteração a nível da microcirculação, uma fragilidade da barreira cutânea e infeção por um parasita, o demodex, em alguns casos.

 

Quais os principais fatores de uma crise de Rosácea?

  • Há vários fatores que podem estar intensificados e desencadeiam a rosácea. Há situações que as pessoas com esta alteração cutânea têm que evitar, como temperaturas extremas (frio ou calor), exposição solar intensa, stress emocional, bebidas alcoólicas, alimentos muito temperados e bebidas quentes.
  • Há 4 dicas importantes para se diariamente: limpar a pele, evitar produtos agressivos, utilizar protetor solar e ter uma alimentação equilibrada.

 

Como é feito o diagnóstico da Rosácea?

  • Não há cura conhecida, mas há tratamentos para a controlar, dependente da fase clínica em que a rosácea esteja. Os fatores de risco agravam a situação de tratamento.
  • O tratamento pode ser iniciado através de sabonetes adequados, protetores solares com alta proteção (contra UVA e UVB) e adequados à pele, uso de antimicrobianos e antiparasitários.
  • Após esta fase, devem ser utilizados derivados de tetraciclina orais. Em casos mais graves, utiliza-se isotretinoina oral em dose reduzida.
  • Um novo tratamento utilizado surge de furtos (flushing), onde o laser ou a luz são excelentes para o tratamento das telangiectasias.
  • Para outros casos, a abordagem mais adequada é a cirurgia, radiofrequência, dermobrasão ou laser.
  • Para qualquer tratamento da rosácea é extremamente importante o acompanhamento dermatológico e oftálmico.

 

Como pode ser feita a prevenção da Rosácea?

  • A prevenção da rosácea começa com uma avaliação do histórico pessoal, familiar e psicológico da pessoa para averiguar de onde poderá ter surgido a par de um controlo individual como o alcoolismo e exposição solar. Este controlo serve para conseguirmos monitorizar de forma eficaz a Rosácea.
  • É necessário ter em consideração que a Rosácea é uma doença benigna, porém crónica, e como tal, é necessário que seja hábito a visita regular ao dermatologista.

 

Como são compostos os produtos da Rosácea?

  • Os produtos apropriados para a rosácea devem ser constituídos, essencialmente, por vitamina C, vitamina B e pigmentos verdes.
    • A Vitamina C ajuda na manutenção integral da parede dos vasos sanguíneos.
    • A Vitamina B ajuda a espessar a pele para a proteger de danos externos e mudanças de temperatura.
    • E, os Pigmentos Verdes ajudam a neutralizar a cor dos vasos sanguíneos dilatados.

 

Conselhos para quem tem Rosácea:

  • Procurar produtos para pele com rosácea, hipolargénicos, sem perfume e sem álcool.
  • Escolher produtos de limpeza que não necessitem de contacto com a água (enxaguamento) de forma a evitar contaminação da pele.

Produtos para Rosácea

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *